São José dos Ausentes e seus inesquecíveis Cânions

No feriado de Corpus Cristh conduzimos um grupo aos incríveis e inesquecíveis Cânions de São José dos Ausentes.

Veja o material que produzimos…

 

Apaixonados por Cânions

Nossa paixão pelos Cânions é de longa data e muitas vezes já escrevemos sobre ela. Em nosso convite para este roteiro fizemos um resumo do que já vivemos pela bela região dos Campos de Cima da Serra.

Retornar aos Cânions, em especial aos de São José dos Ausentes, nos emociona. Aprendemos muito todas as vezes que fomos para lá. Paciência, respeito e principalmente resiliência.

Ah! Resiliência, falaremos sobre isso mais tarde…

Até São José dos Ausentes

Os dias que antecedem as viagens o comboio já se agita via whatsapp. São muitas dúvidas e uma expectativa sem fim. Fotos dos carros prontos anunciam que é chegada a hora de pegar a estrada.

Vamos deixando nossas casas, nossas cidades e também as aflições da vida urbana. Vão sendo postadas as primeiras fotos: neblina, sol nascendo e claro a posição de cada um. Vamos acompanhando os deslocamentos e as recomendações são dadas por todos. Comboio é assim, cuidamos uns dos outros, como as matilhas de graxains que vivem nos campos.

Por fim, o pessoal do Rio Grande do Sul se encontra, um pouco mais adiante os Catarinenses integram o comboio. 

Pegamos a estrada e subimos a serra. Parada deliciosamente linda no Itaimbezinho. Visitar a casa do seu Marçal (in memoria) que sempre deu uma força fornecendo pão e leite ao André quando fazia seus acampamentos selvagens por estas bandas, é visitar uma memória terna de alguém que deixou seu legado de hospitalidade por ali.

7G9A1598 São José dos Ausentes e seus inesquecíveis  Cânions
Chegada no Cânion Itaimbézinho

Hoje seus descendentes recebem os turistas com delícias, artesanatos e um sorriso largo. Ali, nosso comboio fez história, acreditamos que eles nunca haviam visto tanto consumo de paçoca de pinhão e café.

 Seguimos por estradas lindas até Ausentes. De lá, mais alguns quilômetros e chegamos em nossa pousada.

Alguns ficaram nas cabanas e outros, como nós, nas barracas.

Noite generosamente fria, jantar feito com muito amor pela Monica (proprietária da Pousada Ecológica dos Cannyons e uma chef de mão cheia).

Hora de descansar. Os cânions nos esperavam nos próximos dias.

Inesquecíveis Cânions

Foram dois dias de passeios pelos Cânions de São José dos Ausentes. Belezas ímpares, verdadeiros monumentos erguidos pela natureza.

 Assim como nós, também são únicos e especiais pelo que são. Cada um possui uma vista, um cheiro, desenhos, sombras, vegetação,  dificuldades (trilhas a pé que se desenham fáceis e são labirintos e como foi “tri” fazê-la,  se sentir “perdido”, ludibriado e superá-la). Ah, esses Cânions se divertem conosco e nós com eles, rimos juntos. E tem melhor forma de rir do que junto?

7G9A1785 São José dos Ausentes e seus inesquecíveis  Cânions
Parada para comtemplação

Deixam sempre saudades esses inesquecíveis Cânions dos Ausentes: Bela Vista, Realengo, Amola Faca, Catedral,  Monte Negro.

Assim como também deixa saudade esse grupo que topou encarar o frio e viver os Cânions. 

Cânions que rasgam a terra e beijam o céu. Nos sentimos pequenos, mas parte de tudo isso. 

Resiliência

Hora de refletir sobre isso. 

“RESILIÊNCIA: propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação.”

Somos capazes de nos recuperar de traumas, dificuldades…? Por vezes precisamos de auxilio?

E os lugares por onde andamos, “trilhamos”, solo, campo, cânions, lagoas. Eles são capazes de se recuperar? Será que precisam de ajuda?

Questionamentos que misturam a resiliência humana com a resiliência da natureza que resiste, que supera e que encontra formas para se manter com vida.

E não seria essa a chave de tudo? Interação homem e natureza, sustentabilidade, cooperação, ser parte e sentir-se parte.

Neste tom de sensibilização, que tentamos conduzir nossos comboios. Alguns nos acham “eco chatos”, o que nessa perspectiva é um elogio.

7G9A2248 São José dos Ausentes e seus inesquecíveis  Cânions
Cânion Boa Vista

Esperamos cada vez mais, poder contribuir para uma sociedade mais sensível a causa da preservação. Por isso, para andar conosco só se for assim: cuidando, contemplando e reduzindo todo e qualquer impacto.

Sempre serão nossos convidados para contemplar, dormir ao som do vento (em barraca, por que não?), para rodar longas horas e esperar o mais belo pôr do sol… 

Curtimos muito nosso planeta e tudo que somos devemos a ele. 

Obrigado a todos que fizeram parte desta expedição aos Campos dos Sonhos, a São José dos Ausentes e seus inesquecíveis Cânions.

Confere, AQUI, as fotos deste pessoal, pra lá de especial, por aqueles Cânions.

 

Comments

comments

Paula Segalla

Professora de ensino fundamental, vem fotografando profissionalmente desde 2012. Adora acampar e prefere banhos de rio aos de mar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: